"De pequenino é que se torce o pepino" é um ditado muito antigo e muito sábio como muitos outros que fazem parte da cultura literária portuguesa. Este ditado assenta que nem uma luva neste artigo.
 
Este ano, a EB/S do Nordeste em parceria com a Câmara Municipal decidiram avançar com este projecto no Pré-Escolar. Mais uma vez a nossa escola primou pela diferença, uma vez que é um projecto inovador levado a cabo, graças à coragem de todas as educadoras do concelho que prontamente aderiram ao projecto sem mesmo saberem quase nada sobre a modalidade. No arquipélago dos Açores, não há conhecimento de um projecto similar em qualquer escola.
O mais importante no Pré - Escolar não é saber jogar Xadrez com estratégia mas sim ter noções básicas e adquirir conceitos. O xadrez, é uma ferramenta muito rica e completa para trabalhar no Pré - Escolar. As crianças aprendem pelo menos a forma quadrangular, posições: horizontal, vertical e oblíqua. Adquirem noções de espaço: à frente, atrás, ao lado de; Simbologia numérica de 1 a 8; nome das peças; aprendem que cada peça tem uma forma diferente de jogar e que a peça mais importante é o Rei.
 
É muito difícil numa primeira abordagem dizer que foi um sucesso este primeiro ano. Pelo menos foi uma experiência positiva com "pernas para andar" no próximo ano.
No dia 18 de Junho, os alunos do Pré - Escolar de todas as escolas do concelho, reuniram-se na EB/S do Nordeste para um encontro onde poderiam pôr à prova as suas capacidades Xadrezistas (ou não!) Foi uma forma de conviverem uns com os outros, se cumprimentarem e desejarem boa sorte ao adversário. Houve convívio, alegria, excitação e até choros!
 
No final, todas as crianças e educadoras receberam medalhas orgulhosamente ostentadas ao peito. No próximo ano haverá mais! Até lá!...
 
Educadora Vanda Rodrigues