Plenários sindicais, promovidos pelo SPRA, continuam a reunir os docentes nas ilhas do Faial, Pico e Flores para analisar, debater e tomar posição sobre o ante-projecto de Decreto Legislativo Regional que altera o Estatuto da Carreira Docente na Região Autónoma dos Açores, sendo visível o reafirmar da sua vontade e determinação para que as propostas apresentadas pelo SPRA, que constam do respectivo Parecer, tenham o maior acolhimento junto da Secretaria Regional da Educação e Formação e da Comissão Permanente de Assuntos Sociais da ALRA.

Conhecidos os progressos registados, no decurso do processo negocial, decorrentes dos esforços do Sindicato dos Professores da Região Açores para que esta revisão do ECD vá o mais longe possível, os Professores e Educadores depositam esperanças acrescidas na negociação suplementar, requerida por esta organização sindical, com agenda marcada para o próximo dia 3 de Fevereiro, a fim de serem ultrapassadas algumas questões que continuam a merecer descontentamento em áreas essenciais da sua profissão: avaliação do desempenho, horários e condições de trabalho, estrutura e duração da carreira, entre outras.

Os docentes na Região Autónoma dos Açores não querem nem podem perder esta oportunidade de revisão do ECD para que possam desempenhar melhor a sua profissão, numa escola e numa sociedade onde o esforço de todos é essencial para que possamos obter maior sucesso educativo.