Entre 120 mil e 150 mil pessoas, segundo as contas da PSP e da CGTP-IN, participaram na manifestação contra a política laboral do Governo, que decorreu (2/03/2007) no centro de Lisboa.


A CGTP-IN optou por fazer duas grandes concentrações para esta manifestação - uma do sector público e outra do sector privado. Enquanto os trabalhadores do sector privado se concentraram junto à sede da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP), na zona do Saldanha, os funcionários públicos escolheram os Restauradores como ponto de partida.


As duas frentes juntaram-se depois, rumo à Assembleia da República, sob o lema "Juntos pela mudança de políticas".

 

Público/Lusa, 2/03/2007