Trata-se de uma exposição, que estará patente ao público até 11 de Fevereiro próximo, que apresenta 76 trabalhos realizados por 60 arquitectos portugueses entre os anos de 2003 e 2005, seleccionados pela Ordem dos Arquitectos.

Com o objectivo de difundir e aproximar o grande público da "melhor produção" da arquitectura contemporânea portuguesa, a mostra inclui painéis fotográficos e maquetas de obras arquitectónicas, bem como a apresentação de filmes documentais sobre o projecto.

A exposição, com trabalhos realizados em todo o país, inclui seis obras nas ilhas açorianas de São Miguel e do Pico.

No dia seguinte à abertura, ou seja, no sábado, o Museu Carlos Machado promove uma visita guiada à mostra para todos os interessados e uma conferência, marcada para as 16 horas, sobre o projecto "Habitar Portugal", do comissário geral da exposição, arquitecto José António Bandeirinha.

Ponta Delgada é a primeira cidade do país onde esta exposição itinerante será apresentada, após a sua inauguração no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, onde tem estado patente ao público.