"O processo negocial correu com toda a normalidade. Como lhe digo, basta comparar a 1ª proposta do Ministério da Educação com a 6ª proposta para perceber que houve um enorme progresso; devo dizer que a proposta beneficiou muito das sugestões que os sindicatos fizeram, de outras reuniões que realizámos com peritos, com representantes de professores, de associações profissionais de professores, reuniões com conselhos executivos; melhorámos muito e portanto não há justificação para ter preocupações desse tipo em relação ao processo negocial".

Maria de Lurdes Rodrigues, 1/11/2006