militaresabril

 

44 anos de Democracia não desatualizaram as conquistas e os ideais de Abril!

 

Foi a Revolução que nos trouxe o Regime Democrático, com eleições livres.

 

Trouxe também a liberdade: sindical, de associação e de expressão! Sem elas, não existiriam sindicatos livres, mas sim amarrados e limitados; sem elas, não existiriam tantas conquistas, que hoje damos como naturais na nossa profissão - carreira, férias pagas, direito às professoras a casarem sem pedir autorização ao Estado!

 

Aos Açores e à Madeira, trouxe um Regime Autonómico, que nos permite decidir de acordo com as nossas caraterísticas, e de forma diferente do que é feito na República.

 

Com Abril se construiu um Sistema Educativo que, apesar de ser incompleto nos objetivos que consegue alcançar, e com todos os seus defeitos, continua a ser o melhor que já tivemos!

 

Esta Revolução, que começou como um golpe militar, abriu portas que o país nunca sonhara. A imensa massa popular que aderiu e tomou lugar ao lado dos Militares de Abril, cansados de uma guerra que não era sua, afirmou a viva voz que nada poderia ser como antes. E, 6 dias depois, em 1 de Maio de 1974, as portas da ditadura fecharam-se de vez! Foi o Povo Português quem falou.

 

Se tantos objetivos de Abril ficaram por cumprir, se hoje vemos tantas das suas conquistas limitadas, tal não se deve aos seus Capitães, nem ao Povo. Deve-se aos que conspiraram na sombra, desde a primeira hora. Que cada um de nós seja portador dos ideiais libertadores, da vontade de construir um mundo novo! Será de novo nosso o futuro, e nele se escreverá com a caneta de Abril e de Maio!