Foi publicada hoje, dia 30, a lista de colocações de oferta de emprego docente nos Açores. Os piores receios do Sindicato dos Professores da Região Açores confirmam-se. Apenas foram colocados 579 docentes, que representam uma diminuição das contratações de quase 30%. Lembramos que, nos últimos anos, as contratações da 1.ª cíclica rondaram, em média, mais de 800 contratações e que a explicação para este decréscimo não pode ser encontrada somente em razões exclusivamente demográficas, mas também no encerramento de escolas do 1.º Ciclo e na decisão política de fazer regressar ao serviço lectivo inúmeros docentes que se encontravam destacados em serviços dependentes da Administração Regional.

O SPRA lamenta profundamente este acentuado decréscimo de contratação de professores e de educadores, que terá como principal consequência o aumento do desemprego docente, em geral, mas também o aumento do desemprego docente de residentes na Região Autónoma dos Açores.

Os docentes passam não só a ser um grupo profissional com elevado número de precários, mas também com elevado número de desempregados.

O SPRA alerta todos os docentes que não ficaram contratados para, junto da última escola em que trabalharam, requererem a compensação por caducidade de contrato.

Angra do Heroísmo, 30 de Agosto de 2011

A Direcção